Bolo de Kabotcha & Pistache com Maple

Eu estava com vontade de bolo. Isso acontece muito comigo. Daí tinha sobrado pistache das comidinhas que tinha feito no meu aniversário e tinha comprado meia abóbora kabotcha, que para mim sozinha é muita coisa. Resolvi testar a combinação desses dois ingredientes num bolo. No meio do caminho, pensei no maple syrup, que poderia aprofundar o sabor de tudo isso.

Bom, resolvi resgatar como base, a receita de um bolo que faço desde a minha adolescência, de banana. A adaptação deu nisso aqui.

Ingredientes

  1. Farinha de trigo branca orgânica | 180g
  2. Açúcar cristal orgânico | 65g
  3. Açúcar mascavo orgânico | 65g
  4. Manteiga | 180g
  5. Ovos orgânicos inteiros | 3
  6. Pistache sem casca e sem sal | 30g
  7. Abóbora kabotcha | 1/4
  8. Fermento químico | 1/4 de colher de chá
  9. Maple Syrup | 2 colheres de sopa (eu usei essa quantidade, mas poderia ser mais)

Pré-preparo

  1. Pré-aqueça o forno a 180 graus C.
  2. Unte uma forma de bolo inglês com manteiga e polvilhe com farinha.
  3. Deixe a manteiga e os ovos em temperatura ambiente.

Preparo

1. Tire a casca da abóbora kabotcha, corte em fatias e cozinhe a vapor sem nenhum tempero até que fique macia. Amasse com um garfo.

2. Toste o pistache no forno a 160 graus C durante 10 minutos. Eu tostei durante 20 minutos e achei que ficou um pouco tostado demais. Pique o pistache grosseiramente com a faca.


3. Numa tigela grande, mexa a manteiga com um fouet até ficar cremosa. Adicione os dois tipos de açúcar e misture bem.

4. Bata os ovos e adicione bem aos poucos à massa e vá misturando bem a cada adição. Precisa tomar cuidado aqui, se colocar muito ovo de uma vez, a massa pode separar. É bem aos poucos mesmo. Se, durante essa operação, a massa separar (talhar), adicione um pouco de farinha e misture bem. Pode ser a salvação.

5. No final da operação 4, a massa deve ficar assim, com essa textura:

6. Adicione a farinha e o fermento peneirado, troque o fouet por uma espátula e misture bem mas delicadamente de baixo para cima, até a farinha incorporar bem na massa.

7. Adicione o pistache e a abóbora kabotcha amassada e misture um pouco mais, delicadamente. A abóbora não precisa ficar totalmente misturada de forma homogênea na massa. O legal é deixar pedaços de purê de abóbora aqui e ali na massa.

8. Coloque a massa na forma e regue com o maple syrup.

9. Asse no forno pré-aquecido durante 50 minutos. Retire o bolo da forma e deixe esfriar completamente em cima de uma grelha.

10. Et voilà, agora é só servir. Desfrutar o bolo no mesmo dia é o melhor, porque a crosta está bem crocante e dentro, fresquinho. Mas no dia seguinte, o bolo adquire outras características, que não são nada mal também. Perde a crosta crocante, mas fica mais úmido e o sabor parece que fica mais amanteigado.

Resultado, adorei a combinação kabotcha & pistache! Coisas que mudarei na próxima produção dessa receita;

  1. Usar o pistache cru, sem tostar. Talvez o seu sabor fique mais em evidência.
  2. Aumentar a quantidade de kabotcha (um pouco).
  3. Aumentar a quantidade de maple syrup. Ficou quase imperceptível…

Se meu amigo que odeia abóbora de todos os jeitos gostou do bolo, acho que foi bem sucedido.🙂

Penso em fazer uma outra versão, sem o pistache, com gergelim preto forrando a parte de cima do bolo. A combinação kabotcha e gergelim preto é clássica e ótima!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s