Make your own peanut butter!

Peanut Butter, é aquela pasta de amendoim que os americanos amam comer com geléia de morango num sanduíche. Eu adorava esse peanut butter quando era adolescente, mas sem a geléia. Mas é um negócio que a gente come com culpa, né? Não tem nenhuma cara de ser saudável e muito menos amiga da balança. De fato, essas marcas comerciais de peanut butter contem açúcar (como é industrial, muito provavelmente, branco refinado), óleos vegetais hidrogenados (ou seja, gordura trans) e sal em excesso. Nada compatível com a minha alimentação atual.

Mas a boa notícia é que dá pra fazer uma versão saudável em casa e ainda em menos de meia hora!

Você pega uma quantidade X (mais ou menos como na foto) de amendoim cru, descascado e sem sal e coloca numa travessa para ir ao forno, sem amontoar demais.

Leva ao forno a 160 graus durante 20 minutos ou até o amendoim ficar dourado. É bom dar uma mexida de vez em quando para torrar por igual. Eu gosto que fique ligeiramente dourado, como na foto. Se torrar demais, fica com um gosto amargo.

Deixe esfriar e moa o amendoim num processador. Adicione uma pitada de sal marinho, maple syrup, óleo de gergelim extravirgem e óleo de linhaça extravirgem. É tudo a olho, não tem quantidade certa, vc vai colocando aos poucos e acertando a textura e a doçura a seu gosto.

Esses da foto abaixo são os ingredientes que usei, além do amendoim. Se você acha super gostoso aquele maple syrup carésimo que se vende por aqui, recomendo experimentar esse da foto, é muito mais incrível. Ele tem um sabor mais forte, é mais denso e ainda por cima é orgânico certificado. A marca é NOW e dá pra comprar aqui. Recomendo o grade B, que é mais escuro e mais intenso que o grade A. Para quem não conhece, maple syrup é a seiva de uma árvore canadense e é um adoçante natural muitíssimo gostoso. Mas cuidado, é saudável por ser natural e sem processamento industrial, mas é calórico, portanto, não é bom abusar. Mas é delicioso! Eu adoro misturar no yogurte. Para o peanut butter caseiro, esse ingrediente pode ser substituído por açúcar mascavo, se você não o encontrar. Ah, e cuidado, muitos maple syrups encontrados por aí não são puros e contem açúcar e outras misturas. Procure sempre o 100% puro.

A escolha dos óleos, pode ser qualquer um, de preferência extravirgem e orgânico e que tenha um sabor compatível com o amendoim. Eu usei o óleo de linhaça e o de gergelim, ambos extravirgens e da fazenda Jatobá. Na foto, o óleo de gergelim está com um aspecto meio opaco porque ele tinha acabado de sair da geladeira. Alguns óleos extravirgens como o de linhaça e de gergelim são facilmente oxidáveis. Por isso, precisam ser mantidos na geladeira.

Quando a pasta atingir essa consistência, está pronta. É um pouco menos cremosa do que a versão industrial, mas ainda assim, bem macia e super dá pra passar no pão com facilidade. Se você gosta da sua pasta com pedaços grandes de amendoim, você pode reservar alguns grãos e picar grosseiramente com a faca e deixar para incluir só no final.

Pronto, é só transferir a pasta num recipiente e está pronto o peanut butter caseiro sem culpa! Eu fiz o meu hoje de manhã para o café e ficou delicioso!

A escolha do pão também tem que ficar à altura. A minha escolha número 1 aqui em São Paulo é o da PAO (Padaria Artesanal Orgânica da Rua Bela Cintra). O de hoje era o de figo com nozes, o meu preferido!

Good day!🙂

4 Respostas para “Make your own peanut butter!

  1. O link que você indicou pra comprar o syrup não tá funcionando. Onde é? Obrigada!

  2. Ótima receita ! Busquei no Google por “pasta de amendoim orgânica” e caí nesse post. Resolvi fazer e deu certo ..
    Anotei as quantidades que usei: 100ml de óleo de linhaça • 40ml de óleo de gergelim • 120ml de maple syrup • 360g de amendoim (salgado). Isso encheu um tupperware de 500ml. A textura ficou boa, e como vc disse, a doçura é a gosto, então a maior variável aí é o maple syrup.

  3. Em um destes programas de canal fechado,vi a receita desta pasta de amendoim,o segredo é usar o pilão sem preguiça quase que “infinitamente” até que a pasta fique idêntica à comercializada,o ingrediente é amendoim puro e descascado unicamente,portanto a receita original não usa nada a mais .,portanto este negócio de usar “pitada de sal marinho, maple syrup, óleo de gergelim extravirgem e óleo de linhaça” é invenção ou maluquice da sua cabeça e mais nada.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s