Crème Caramel

Eu estava devendo um post sobre o crème caramel do Almoço Astrológico. Já faz um bom tempo, né… mas pronto, antes tarde do que nunca.

O crème caramel é o clássico do clássico do clássico das sobremesas. No Brasil foi adaptado com leite condensado e virou aquele pudim de leite, que eu pessoalmente acho pesado, apesar de muito gostoso. A versão original é feita apenas com leite, ovo, açúcar e baunilha. É uma sobremesa extremamente simples, mas por isso mesmo a qualidade dos ingredientes é que vai definir o resultado final. Se escolher ovos frescos e orgânicos, leite fresco (pelamor, não usem aquele de caixinha que estranhamente tem o nome de longa-vida, mas aquilo é um vida-curta, ou até mesmo um sem-vida!), baunilha de verdade e açúcar orgânico, vai ficar incrível, é garantido (pelo menos o sabor… depois vão ver porque)! Amo essa sobremesa, é uma das minhas preferidas.

eu uso esses ovos

eu uso esses ovos

a fava de baunilha

a fava de baunilha

Ingredientes (para 6 ramequins)

Para o creme

  1. 500g de leite
  2. 100g de ovos inteiros (aproximadamente 2)
  3. 35g de gema de ovo (aproximadamente 2)
  4. 100g de açúcar cristal (eu uso o biodinâmico da Native)
  5. 1/2 fava de baunilha

Para o caramelo

  1. 50g de açúcar cristal
  2. 2 colheres de sopa de água

Pré-preparo

  1. Pré-aqueça o forno a 170ºC
  2. Prepare o banho-maria. Coloque água numa travessa rasa em que caiba todos os ramequins e deixe-a dentro do forno.

Modo de fazer

1. Comece pelo caramelo. Coloque numa panela pequena o açúcar e acenda o fogo bem baixo. Deixe que o açúcar derreta e vá pegando uma cor. Rode a panela aos poucos de vez em quando para o açúcar derreter por igual, mas nesse momento não mexa o açúcar com colher de pau ou com espátula, pois o açúcar derretido grudaria e o caramelo não ficaria homogêneo.

o açúcar derretendo aos poucos. deixa ele quietinho, não mexe...

o açúcar derretendo aos poucos. deixa ele quietinho, não mexe...

2. Quando o caramelo ficar escuro e com umas bolhas de ar grandes, desligue o fogo e coloque 1 colher de sopa de água. Misture com colher de pau para igualar a textura. Acrescente mais 1 colher de sopa de água e misture novamente.

hora de desligar o fogo

cuidado para não queimar!

3. Ainda quente, distribua o caramelo nos fundos dos ramequins por igual e deixe esfriar.

o caramelo distribuído nos ramequins

o caramelo distribuído nos ramequins

4. Agora o creme. Coloque o leite e metade do açúcar numa panela. Corte a fava da baunilha em dois em sentido longitudinal. Com a ajuda de uma faquinha, retire todo o conteúdo (as sementes) da fava e jogue-o dentro da panela. Coloque a fava também na mistura do leite. Acenda o fogo médio.

retirar todo o conteúdo da fava com uma faquinha

retirar todo o conteúdo da fava com uma faquinha

infusão da baunilha no leite

infusão da baunilha no leite

5. Coloque os ovos, as gemas e o restante do açúcar numa tigela e misture com um fouet.

6. Assim que o leite ferver, retire do fogo e acrescente, aos poucos, à tigela dos ovos, passando por uma peneira.

7. Distribua essa massa liquida, lisa e homogênea nos ramequins com muito cuidado, bem devagar.

8. Coloque os ramequins dentro da travessa que está no forno e diminua a temperatura para 160ºC. Asse durante 45 minutos ou até dourar levemente em cima. Verifique se está bem assado pegando num ramequin e sacudindo de leve. Se o centro estiver se mexendo bem pouco e com aspecto firme, está pronto. O meu não estava suficientemente firme e quando desenformei, não ficou de pé, só um se salvou… por isso, recomendo atenção dobrada na checagem do ponto.

o crème caramel assado

o crème caramel assado

9. Deixe esfriar um pouco e coloque os ramequins na geladeira durante no mínimo 5 horas e no máximo 3 dias.

10. Desenforme os crèmes no prato e sirva gelado. Mmmmmmm!

o único que se salvou pra foto

o único que se salvou pra foto

Estão vendo que ficou um círculo branco no meio? O tempo no forno não foi suficiente e o creme vazou… mas o sabor estava incrível.

4 Respostas para “Crème Caramel

  1. Hummmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm
    Te dedico o post de hj sobre o jantar no Les Amis. Pensei muito em vc qdo estava escrevendo o texto!!!

  2. A opção foi uma salada de raiz de aipo com cramberry seca, salsinha e lascas de parmesão. Acho que ia adorar!!! Hj tem lançamento da Revista Gudi do Dani Ueda na Horacio Lafer, 767. Tipo cedo. Vamos???

  3. Minha mãe faz um pudim de leite que é quase o CC, levinho derrete, delicioso!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s